26/09/2008

Galeria de fotos dos trabalhos no Centro Yorenka Ãtame

Caros amigos,

Aqui vão algumas fotos dos trabalhos desenvolvidos no Centro Yorenka Ãtame para que vocês tenham conhecimento do que estamos fazendo com os jovens indígenas e não indígenas do Município de Marechal Thaumaturgo.

Um abraço a todos, Benki Piyãko

Centro Yorenka Ãtame

2 comentários:

sérvulo neto disse...

A arte da permacultura


O que é?

Por ser extremamente dinâmica, a Permacultura não aceita uma única definição, mas o seu conceito mais geral pode ser assim descrito: é o planejamento e execução de ocupações humanas sustentáveis, unindo práticas ancestrais aos modernos conhecimentos das áreas, principalmente, de ciências agrárias, engenharias, arquitetura e ciências sociais, todas abordadas sob a ótica da ecologia.

Em outras palavras é a elaboração, implantação e manutenção de ecossistemas produtivos que mantenham a diversidade, resiliência e estabilidade dos ecossistemas naturais, promovendo energia, moradia e alimentação humana de forma harmoniosa com o ambiente.

Origem

Surgida na Austrália no final da década de 70, foi elaborada pelo cientista Bill Mollison em parceria com David Holmgren. Mollison conta que após perceber o desaparecimento dos sistemas naturais a sua volta resolveu dedicar sua vida e seus estudos ao desenvolvimento de uma nova forma de intervenção humana na Terra.

Então como resultado (em constante desenvolvimento) de seus estudos formulou a Permacultura que é a compilação das práticas tradicionais com a ciência moderna. O grande feito do pai da Permacultura foi a sistematização dos passos para a elaboração de sistemas sustentáveis, o que se chama de Design Permacultural.

Princípios básicos

Como modelo ideal de sistemas sustentáveis o permacultor tem a floresta ou outros ecossistemas naturais, de acordo com a região. Por sua vez, estes sistemas são regidos por alguns princípios ecológicos, que também nortearão as intervenções Permaculturais:

Necessidades energéticas - todas as formas de vida necessitam de alguma forma de energia para sobreviver, na Terra todos os seres vivos são dependentes diretos ou indiretos da energia solar;
Ciclagem de nutrientes - nos sistemas naturais não existe desperdício, toda forma de energia é reaproveitada no sistema, no caso das florestas, por exemplo, a matéria orgânica proveniente da vegetação volta a esta na forma de nutrientes, após a sua decomposição;
Interrelação - todos os elementos do sistema interagem entre si, por exemplo, um pássaro se alimenta de um fruto e por sua vez dispersa a semente possibilitando a reprodução da árvore que o alimentou;
Diversidade biológica - para que se auto sustentem os sistemas requerem uma grande diversidade de elementos, para que realizem o maior número possível de interações e possam sobreviver a uma eventual catástrofe como o fogo, por exemplo.

Ética

Três preceitos regem a ética da Permacultura, são eles:

Cuidado com o planeta Terra - isto significa uma atuação humana que conserve a vida no planeta em seu equilíbrio natural, se respeitando todos os elementos deste macrosistema, incluindo-se o cuidado com os "não vivos", como ar, água, solo, etc. Trabalhando "com" e não "contra" a natureza, possibilitando um aumento dos recursos que geram a vida. Isto significa inevitavelmente uma mudança nos padrões de consumo das sociedades contemporâneas;
Cuidado com as pessoas - este está intrínseco ao primeiro, já que os seres humanos são apenas mais uma espécie que habita o planeta Terra, porém para que o cuidado com o planeta esteja garantido, deve-se se assegurar simultaneamente o bem-estar humano, pois se este for atingido de forma harmônica com o ambiente, não mais será necessária a intervenção impactante que hoje exercemos para vivermos neste grande organismo Terra;
Distribuição dos excedentes - um dos maiores problemas que hoje afligem os habitantes da Terra continua sendo a fome, enquanto houver um sistema que se utilize da miséria de uma maioria para a manutenção da riqueza de uma minoria, não se pode haver uma expectativa de sustentabilidade. Um sistema ideal gera alimento, energia, uso do tempo e dinheiro suficiente para se sustentar e ainda poder distribuir os excedentes.

Apiwtxa disse...

Amigo Sérvulo,
muito bom o artigo sobre permacultura.
Envie-nos sempre suas notícias!
Abraços